Restauração da independência

01 de dezembro de 2018 (sábado)


Restauração da Independência

O dia da Restauração da independência remonta ao ano de 1640, em que a Nobresa Portuguesa invadiu o Paço real (actual Terreiro do Paço ) e proclamaram D. João, Duque de Bragança, como Rei de Portugal.



História e Curiosidades

O 1 de Dezembro de 1640 é o "Dia da Restauração da Independência” que marca o fim da 3ª Dinastia Filipina e termina com o domínio da união Ibérica, que durava há já 60 anos. Esta revolução resulta de um descontentamento generalizado das políticas do governo de Espanha que levou a um grupo da nobreza a organizar, a partir de Lisboa, um movimento de restauração da independência. Organizaram a invasão do palácio da duquesa de Mântua, Margarida de Saboia (governadora espanhola) e é proclamada a restauração da monarquia e a independência de Portugal.


Duquesa de Mântua


A partir daí, reuniram-se as Cortes em Lisboa, onde o duque de Bragança foi aclamado Rei de Portugal, com o título de D. João IV, e deu assim origem à última Dinastia Portuguesa - a Dinastia de Bragança.