Calendário Coreia do Norte – Juche


Calendário Juche - Norte Coreano

Este é talvez o calendário menos conhecido e é utilizado unicamente na Coreia do Norte. Juche é uma ideologia política (em coreano representa “autossuficiência) que defende que a força da construção social deverá estar nas massas populares. Do ponto de vista econômico, o Juche defende a autossuficiência industrial e de serviços, para preservar a dignidade e a soberania da nação, concentrando-se no desenvolvimento da indústria pesada, da defesa nacional e da agricultura, com vista a uma total autosuficiencia.

Histórias e curiosidades

A ideologia Juche foi introduzida pelo primeiro líder do país, Kim Il-Sung e deu origem à Torre Juche é um monumento em Pyongyang, a capital da Coreia do Norte . A Torre está situada na margem leste do rio Taedong, diretamente em frente à Kim Il-Sung Square, na margem oeste. Foi construído para comemorar o 70º aniversário de Kim Il-sung. A estrutura de 170 metros é um pináculo afilado de quatro metros, o mais alto conseguido em granito, contruído com 25,550 blocos (365 × 70: um por cada dia da vida de Kim Il-Sung , com exclusão de dias suplementares para anos bissextos), vestidos com pedra branca com setenta divisórias e tampados com uma tocha de metal iluminada de mais de 45 toneladas. É possível subir a torre por elevador e apreciar as vistas amplas sobre Pyongyang da plataforma de visualização logo abaixo da tocha.



O Calendário Juche é muito recente, iniciou-se em 1912, ano de nascimento do primeiro comandante do país Kim Il-sung.

À data de 01 de Janeiro de 2018 o calendário Juche está no ano 107. Os meses, semanas e dias têm a mesma sequência que o calendário Gregoriano.

O calendário Norte Coreano integra dois calendários históricos usados na Coreia, o sistema tradicional de denominações da era Coreana e o calendário Gregoriano em que os anos estão ligados ao nascimento de Jesus.O decreto sobre o calendário Juche foi adotado em 8 de julho de 1997, no terceiro aniversário da morte de Kim Il-sung. O mesmo decreto também designou que o aniversário do nascimento de Kim Il-Sung seroa o Dia do Sol. O ano de nascimento de Kim Il-sung. Assim, o ano de 1912 no calendário Gregoriano tornou-se "Juche 1" no calendário Norte Coreano. O calendário começou a ser implementado em 9 de Setembro de 1997, o Dia da Fundação da República. Nessa data, jornais, agências de notícias, estações de rádio, transportes públicos e até as certidão de nascimento começaram a usar os anos Juche.